Intercâmbio
Como economizar,  Dicas de Viagem

Intercâmbio: Tudo que você precisa saber!

O intercâmbio é uma das maiores oportunidades para quem deseja adquirir experiências profissionais e desenvolver outros idiomas. Por isso, tem sido uma das principais procuras em agências de viagens por jovens em todo o mundo.

Saiba que o intercâmbio pode transformar a vida pessoal e profissional de uma pessoa? Isso porque é possível fazer estágio, aprender a respeitar as diferenças, trabalhar, conversar com pessoas que tem outra visão de mundo e ainda desenvolver outras línguas ao longo da viagem.

Outra coisa muito importante sobre o intercâmbio é que ele possibilita ter experiências novas, que nunca seriam possíveis morando com a sua família. Entre elas podemos citar, desenvolver habilidades como a independência, adaptação, respeito, pontualidade, comunicação, e também ter diversos momentos inesquecíveis.

Se você tem o sonho de viajar para estudar fora, desenvolver outro idioma ou até mesmo trabalhar em um programa de intercâmbio, veja a seguir tudo que você precisa saber para estudar fora.

Kit completo planejamento viagem2
O Melhor kit de planejamento de viagem agora gratuito.

O que é intercâmbio?

Primeiro é importante entender o que é intercâmbio. O intercâmbio é definido como uma troca mútua de conhecimento, principalmente em relação ao idioma. Nessa troca que pode ser educacional, cultural, estudantil e até profissional, todos os envolvidos aprendem coisas novas, como hábitos praticados em determinada região, língua nativa, como se relacionar, entre outras coisas.

O intercâmbio também pode ter uma definição como um programa que permite desenvolver habilidades, aprender coisas novas e ter experiências de viagem tudo em um só conjunto.

Todavia, saiba que a importância do intercâmbio para sua vida vai muito além do aprendizado adquirido por estudar, trabalhar ou morar fora. Essa experiência pode ser transformadora para sua vida, contribuindo para seu crescimento como pessoa.

Sempre falo aqui no De Malas Para o Mundo que viajar transforma as pessoas! E não digo isso atoa, mas porque aconteceu comigo, com a minha família e diversos amigos e alunos do curso. Por isso, saiba que poderá ter um grande amadurecimento pessoal ao ter essa experiência incrível.

Menina em um intercâmbio

Leia também: Quanto custa uma viagem para Portugal? Dicas completas!

Quais os melhores programas de intercâmbio?

Agora que você já sabe o que é intercâmbio e sua importância, saiba que existem inúmeros programas de intercâmbio. Contudo, precisa saber que eles são divididos pelos tipos de intercâmbio.

Tem pessoas que fazem intercâmbio para aprender um novo idioma. Enquanto outras viajam para estudar em outro país, fazer trabalho voluntário ou até trabalhar fora. Todavia, saiba que todas essas experiências agregam para sua vida pessoal e profissional.

Em todo caso, os quatro tipos básicos de intercâmbio mais comuns são: de idiomas, acadêmico e com trabalho remunerado e de trabalho voluntário, muito procurado atualmente. Veja a seguir como funciona cada um deles.

Existem muitas agências de intercâmbio dos 3 primeiro tipos (idiomas, acadêmico e com trabalho remunerado), mas vou citar apenas as que eu considero as principais para te ajudar:

Sobre as agências para quem deseja fazer trabalho voluntário vou citar mais abaixo.

1. Intercâmbio de idiomas

O primeiro programa e mais comum quando se fala em intercâmbio é o de idiomas. Trata-se de uma viagem internacional onde o objetivo é desenvolver o idioma. Geralmente, o estudante está cursando algum idioma e a própria escola possui um programa de intercâmbio.

Há casos em que o estudante também procura por agências de intercâmbios para encontrar uma boa oportunidade para colocar seus conhecimentos em prática. Esse tipo de viagem costuma durar de três a seis meses ou até um ano.

Para esse programa de viagem, eles procuram um estudante já tenha um certo nível do idioma, mesmo que básico. Afinal, ele terá que colocar em prática o que aprendeu e não aprender do zero no país estrangeiro. Por isso, esse é um programa proveitoso quando o estudante escolhe uma turma que possui o mesmo nível de idioma, pois todos podem praticar juntos.

2. Intercâmbio acadêmico

Esse é um dos programas de intercâmbio mais procurados por aqueles que desejam obter uma formação no exterior. Trata-se de um programa indicado para quem já está cursando faculdade, porém, deseja concluí-la no exterior.

Nesse caso, é fundamental ter bom conhecimento sobre o idioma local, considerando que isso afetará seu desempenho nos estudos acadêmicos.

Geralmente, quem escolhe esse programa é porque estuda em uma universidade que possui convênios ou parcerias no exterior. Assim fica muito mais fácil conseguir a transferência para uma universidade em outro país.

Existem muitos casos também onde o estudante já é formado e faz o intercâmbio acadêmico com o objetivo de conseguir uma pós-graduação, um mestrado ou até um doutorado.

Mas é importante que você saiba que na maioria dos países, o estudante precisa apresentar uma série de informações e até passar em uma prova para ser aceito.

Intercâmbio de trabalho remunerado

Leia também: Primeira passagem de avião, minha história. Para te motivar!

3. Intercâmbio com trabalho remunerado

Uma dica bem interessante de intercâmbio barato é a opção de trabalho remunerado no exterior. Às vezes você não tem dinheiro suficiente para fazer o intercâmbio, mas saiba que trabalhando no exterior você poderá pagar por sua viagem. Essa é uma solução bem legal para quem está com pouco dinheiro, mas deseja realizar esse sonho.

Além disso, essa é uma boa oportunidade para quem realmente deseja trabalhar no exterior para ter uma experiência internacional no currículo, ampliar seus conhecimentos em determinada área e até aproveitar as férias da faculdade para ter mais experiência.

Nesse programa de viagem, há regras específicas que variam de acordo com o país. Mas saiba que, na maioria desses países, a duração do intercâmbio vai de um a quatro meses. As atividades mais comuns para os jovens universitários são de garçom, hostess, recepcionista, ajudante em estações de esqui, restaurantes, hotéis e até parques temáticos como Disney ou Universal nos Estados Unidos.

Quem escolhe esse programa de intercâmbio para fazer estágio, teve ficar atento pois possui regras diferentes do intercâmbio de idiomas. Nesse caso, eles estipulam um número exato de horas semanais para o trabalho no exterior, de acordo com as características das férias acadêmicas.

4. Intercâmbio de trabalho voluntário

Nessa modalidade de intercâmbio você tem a oportunidade de se envolver com diferentes culturas e anida desenvolver habilidades pessoais enquanto realiza uma boa ação. E esses são apenas alguns dos benefícios no intercâmbio voluntário.

Contudo, antes de começar a planejar seu intercâmbio voluntário, é importante saber quais os tipos de voluntariado que existem e o que é necessário para ser um voluntário.

Segundo a idealizadora e co-fundadora do VV (Volunteer Vacations) Mariana Serra, que disponibiliza opções internacionais e nacionais para voluntariado, qualquer um pode ser voluntário, desde que tenha consciência de como esse trabalho é importante.

Porém, é necessário entender que existem algumas opções de voluntariado que não envolvem apenas trabalhar em comunidades carentes, apesar de se encaixarem no chamado “voluntarismo”, explica Eduardo Mariano, fundador e atual presidente da Exchange do Bem, um grande agência de intercâmbio social.

Outra opção para Jéssica Carvalho, responsável pela área de voluntariado da CI, os trabalho sociais com crianças são uns dos mais procurados na empresa. Nesses casos os requisito são simples, ter 18 anos ou mais, ser um pessoa engajada e com boa vontade e saber se comunicar em inglês (pelo menos no nível intermediária no idioma, porém alguns projetos aceitam níveis mais baixos).

É importante explicar que nesse tipo de intercambio muitas vezes existem algumas taxas que devem ser pagas para cobrir alguns custos como passagem e hospedagem. Nesses casos as tarifas devem ser consultadas diretamente com as empresas citadas.

Intercâmbio voluntário

Principais agências na minha opnião:

Como fazer estágio no exterior?

Se você pretende fazer estágio em outro país, saiba que é preciso ter algumas informações em mente. A primeira delas é que nem todos os estágios são remunerados. E mesmo os estágios remunerados, os valores costumam arcar com as despesas básicas do estudante, e não com taxas da agência e passagem aérea.

Com exceção da área de saúde, é possível encontrar estágio em diversas áreas, principalmente em hotelaria, engenharia e tecnologia. Os melhores lugares para encontrar bons estágios são em sites das empresas estrangeiras e até mesmo em agências de intercâmbio.

Os principais requisitos para ser um estagiário no exterior é ter no mínimo 18 anos e no máximo 32. Além disso, é requerido formação acadêmica na área de interesse e nível intermediário na língua nativa do país de destino. Já os lugares mais procurados para estágio no exterior são os Estados Unidos, Canadá, Austrália e Inglaterra.

Leia também: Como tirar seu passaporte pela primeira vez. Atualizado!

Principais destinos

Quando se fala em intercâmbio tem alguns destinos que são muito conhecidos e até já se tornaram roteiros tradicionais, como Estados Unidos, Canadá e Austrália.

Para quem pretende aprender um idioma, é necessário escolher um país onde a língua nativa é o idioma que se pretende desenvolver. Por exemplo, para os estudantes de inglês, os melhores destinos são Austrália, Estados Unidos, Canadá, Ilha de Malta, Nova Zelândia, Inglaterra e até mesmo a África do Sul.

No entanto, para quem deseja aprender idiomas que fogem do tradicional como Japonês, Turco, Norueguês, Mandarim, entre outros, precisam planejar melhor o roteiro. Mas um lado bom nisso é que a concorrência para fazer intercâmbio nesses destinos é muito menor.

Seja para estudar o idioma, para trabalhar ou até estudar, os destinos mais procurados para intercâmbio são:

  • Portugal
  • Austrália
  • Nova Zelândia
  • Ilha de Malta
  • África do Sul
  • Canadá
  • Estados Unidos
  • Inglaterra
  • França
  • México
  • Japão
  • Alemanha
  • Argentina
  • Irlanda

Dentre esses destinos, o Estados Unidos é muito procurado por quem busca uma formação acadêmica no exterior. Além disso, no país é possível realizar cursos curtos em inglês e outros que possam ser somados à formação do profissional, como MBA, Certificates e Extensions, entre outros.

O Canadá também é um bom destino para formação acadêmica, mas pode ser uma ótima escolha para quem procura um trabalho no exterior. Por isso, o Canadá é uma boa opção para encontrar estágio e trabalho remunerado.

Por outro lado, a Irlanda é um país que oferece ótimas condições para o estudante de intercâmbio, além de preços mais acessíveis que outras regiões da Europa. Sendo assim, é a escolha perfeita para quem quer viajar para a Europa, mas sem pagar tanto.

Escola no exterior

Quando fazer um intercâmbio? Tem idade certa?

Alguns acreditam que intercâmbio é coisa de jovem, mas saiba que não existe idade para realizar esse tipo de viagem. Embora para algumas situações seja necessário estar dentro da faixa etária requerida, como é o caso de estágio, nem todas têm essa limitação.

Por exemplo, não existe uma idade específica para quem pretende fazer um intercâmbio de idioma. Mais importante do que a idade é ter um objetivo ao longo da viagem. Afinal, durante o intercâmbio você irá morar um tempo fora e esse tempo deve ser aproveitado da melhor forma para obter conhecimento e experiência no país de destino.

Contudo, saiba que dependendo da idade há um maior acompanhamento ao longo do intercâmbio. Por exemplo, estudantes do ensino médio podem fazer esse tipo de viagem, mas terão uma supervisão maior, para garantir sua segurança.

E sobre o momento ideal para fazer essa viagem, saiba que ele também não existe. O momento depende muito de cada pessoa e situação. Se você está fazendo um curso de idiomas aqui no Brasil e deseja evoluir na língua viajando para o exterior, é interessante ter um nível básico de conhecimento para poder colocar em prática o que você aprendeu aqui.

De qualquer forma, quem decide o momento certo para viajar e aprender enquanto mora fora do país é você! Por isso, procure pelas melhores agências de intercâmbio, elas te ajudarão a planejar um bom roteiro para sua viagem e auxiliará em tudo que você precisa para fazer o intercâmbio. Depois de todas essas informações, aposto que seu sonho de fazer um intercâmbio só aumentou! Então deixe suas dúvidas sobre o tema, comente qual país deseja morar e aproveite para compartilhar essas informações valiosas com outras pessoas.

Kit completo planejamento viagem
O melhor kit de planejamento de viagem agora gratuito.

Comentários

Por fim, ficou com alguma dúvida? Quer compartilhar dicas que te ajudaram? Gostaria apenas de conversar comigo ou com outras pessoas sobre assunto? Então deixe seu comentário abaixo. 👇

E não esqueça, se te ajudei com esse post e acha que posso auxiliar outras pessoas também, não deixe de compartilhar no WhatsApp ou sua rede social favorita. Assim você também contribui com o blog 💓!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.