o que fazer em Bruxelas - Mont des Arts
Dicas de Viagem,  Países

O que fazer em Bruxelas

A capital da Bélgica é uma cidade linda, possui uma arquitetura deslumbrante, vários pontos turísticos e uma história fascinante em cada canto da cidade. Mas afinal, o que fazer em Bruxelas?

É essa difícil pergunta que desejo tentar responder com esse post, visto que a cidade tem uma vibração única, muito difícil de definir mesmo com muitas palavtas. Às vezes parece muito centrada nos negócios e na burocracia, afinal é o centro administrativo da União Europeia.

Contudo, outras vezes parece ser um lugar ideal para descansar e beber, graças a natureza sempre muito bem preservada, os parques, bares e cafés aconchegantes.

E essa atmosfera de contrastes fazem de Bruxelas uma cidade excelente para turistas do mundo inteiro. A capital realmente tem algo que todos os tipos de turistas vão gostar. Partindo dos numerosos pontos que enfatizam arte e arquitetura, podemos facilmente chegar a lindas paisagens naturais.

Mesmo se o seu roteiro de férias for de apenas alguns dias na cidade, você conseguirá conhecer todos os principais e mais populares pontos turísticos. Mas se você ficar aqui por uma semana, poderá visitar algumas atrações que são menos visitadas, mas igualmente fascinantes.

Kit completo planejamento viagem
O melhor kit de planejamento de viagem agora gratuito.

Minha viagem

Minha experiência em Bruxelas foi rápida, mas foi ótima, e me deixou com um gostinho de quero mais. Não sou o tipo de pessoa que quer conhecer tudo de uma vez, adoro quando saio de um destino já com vontade de voltar para aproveitar um pouco mais.

E pode ter certeza, se for para Bruxelas, não vai faltar o que ver e fazer. A cidade é uma verdadeira mistura de opções.

As atrações turísticas históricas de Bruxelas combinam bem com as atrações do século XXI, como os prédios na região do parlamento Europeu. Existem muitos museus, igrejas góticas, lindas galerias, bares, estátuas históricas, edifícios medievais e belos parques verdes onde os locais gostam de visitar nos poucos dias de sol na cidade.

Bruxelas - Grand Place 1
Bruxelas – Grand Place – Fonte: De Malas para o Mundo

1. Grand Place

A Grand Place em Bruxelas pode parecer um ponto comum a todos que passam por ali diariamente. Contudo se você estiver como turista pela primeira vez na cidade, com certeza ficará pasmo com sua arquitetura. No centro da Grand Place está a prefeitura da cidade, construída no século 15.

Além do importante palácio, espalhada ao redor da praça você também ficará impressionado com os seis salões que formam a sede administrativa da capital.

É um conjunto arquitetônico impressionante que deixa qualquer visitante sem saber para que lado olhar.

Principais Edifícios

Maison des Ducs de Brabant: Esse é um conjunto de edifícios no estilo neoclássico com raiz flamenga, formado por 6 casas germinadas.

Hotel de Ville: Apesar do nome esse prédio é a Prefeitura de Bruxelas, considerada a construção mais bonita, importante e antiga do local. Nesse edifício construído por volta de 1459, se destaca a torre com 96 metros de altura, e no alto uma estátua de São Miguel. Além disso, o telhado é perfurado com dezenas de claraboias que dão um aspecto lindo no edifício. É possível fazer visitas guiadas no local em holandês, em francês e em inglês. Para saber mais clique aqui e visite o site.

Le Cornet, Le Renard e Le Roy d´Espagne:  Na mesma construção estão germinadas, o Le Renard (o zorro), datado de 1690, e o Le Cornet, com data de 1697. O Le Roy d’Espagne atualmente é o restaurante mais famoso do local, porque além de oferecer uma bela vista da praça tem uma especialidade do país, a cerveja diferenciada.

o que fazer em Bruxelas - Grand Place 2
Bruxelas – Grand Place – Fonte: De Malas para o Mundo

Maison du Roi: Na tradução “Casa do Rei”, foi construída por volta de 1536 e sofreu uma reforma datada de 1873. Durante séculos foi o local de residência dos monarcas de Bruxelas, contudo hoje abriga o Musée de la Ville. Neste, estão expostas principalmente pinturas do Século XVI, como também tapetes e outras peças.

Leia também: Como tirar seu passaporte (2020)

Mais dicas

Outro detalhe é que a esquerda da Prefeitura têm uma estátua de bronze que dizem dar sorte para quem passar a mão em um de seus braços. Esta é uma estátua de Everad’t Serclaes, que foi executado a séculos quando defendia Bruxelas.

Também existem muitos outros edifícios e restaurantes em volta da praça, eu fiquei fascinado, com o pescoço doendo de tanto olhar pra cima e sem saber para onde apontar o celular para tirar uma foto. Realmente foi uma das mais belas praças que já tive a oportunidade de ver durante as minhas viagens.

Além disso tudo, a cada dois anos eles enfeitam a praça com um lindo tapete de fores que muda a cada vez. Infelizmente quando eu fui não havia essa atração, mas se tiver a oportunidade não perca por nada.

2.  Notre Dame du Sablon

Notre Dame du Sablon é uma linda e histórica igreja católica gótica que foi construída no século 15, localizada bairro no bairro Sablon. Também conhecida como Nossa Senhora de Sablon, onde os paroquianos incluíam toda a grande nobreza da Bélgica no passado. Como curiosidade, muitas das famílias de nobres de Bruxelas antigamente enterravam seus mortos sob a igreja.

Sua arquitetura também chama a atenção pelos lindos vitrais, que possuem um conjunto de luzes realmente imperdíveis. Outras atrações imperdíveis são as duas capelas barrocas com símbolos funerários esculpidos no mármore. Além da estátua de São Hobart que já foi roubada por Antuérpia e recapturada por Bruxelas em 1348.

Bruxelas - Notre Dame du Sablon

3. Admire Le Botanique

Esse jardim botânico sem dúvida é um dos mais bonitos de toda a Europa. Suas obras verdes combinam com a natureza do local muito bem preservada. O Le Botanique foi historicamente o jardim botânico da cidade, e ainda atrai um grande número de visitantes. E não só turistas, os bruxelenses de todas as partes da cidade consideram esse jardim como um agradável espaço para se reunir, nos fins de semana.

A estufa montada em seu interior, que remonta ao século 19, também abriga uma variedade de artes e faz com que o lugar pareça mais um centro cultural do que apenas um jardim botânico. Fazendo desse um lugar onde as horas voam.

Bruxelas - Admire Le Botanique

4. O que fazer em Bruxelas: Palais Royal

Mesmo a família real Belga passando a trabalhar em Laeken, o Palácio Real de Bruxelas continua sendo sua residência oficial. Uma construção imponente, esse enorme palácio já foi o palco de momentos históricos para toda Bélgica.

E se você tiver tempo e gostar desse tipo de passeio, o local está aberto para turistas nos meses de verão e é um ponto turístico importante para aqueles que desejam conhecer mais a cidade.

Como curiosidade, existe uma sala com o teto coberto por asas de besouros, formando um mosaico de beleza exótica, pra não dizer estranha. Entretanto as peças de obra de arte, bem como toda a decoração presente em seu interior, são tão esplêndidas quanto você poderia esperar de um palácio real europeu com muita história e importância para o país.

o que fazer em Bruxelas - Palais Royal
Bruxelas – Palais Royal – Fonte: De Malas para o Mundo

Minha história

Tenho uma história engraçada nesse local com a minha esposa. A gente tinha acabado de sair do Parque de Bruxelas que fica bem em frente. No local haviam 3 crianças loirinhas todas arrumadas com uma mulher também muito bem vestida, um homem de terno e policiais.

Era um dia quente, com um sol forte, não era normal pessoas com aquela roupa. Então minha esposa falou, essa é a família real, estamos em frente ao palácio, eles estão dando um passeio. Fazia todo sentido, então comecei a tirar várias fotos.

Saímos de lá pensando, demos sorte, vimos a família real de Bruxelas dando um passeio. Porém quando fomos procurar na internet não era a família real. Até hoje me pergunto porque esse pessoal estava tão arrumado naquele local, acredito que eram parentes ou amigos deles.

Mas também pode ter sido apenas mais um dia normal em Bruxelas para eles e os guardas estavam ali porque sempre ficam nesse região. Apesar da curiosidade provavelmente nunca vou descobrir. Porém rendeu algumas risadas quando descobrimos que ficamos tirando um monte de fotos atoa.

Bruxelas
O que você acha?

Agora deixa nos comentários a sua opinião, parecia ou não a família real?

5. Musee Royaux Des Beaux Arts

Um dos museus mais lindos de toda a Europa, o Musee Royaux Beaux Arts é um ponto de parada obrigatória para todos que querem admirar algo belo. O museu incorpora coleções de arte moderna e antiga em uma variedade de estilos, o que faz ele ser admirado por muitos dos especialistas em artes europeia.

Entre as obras mais famosas do museu, podemos citar a Queda de Ícaro e várias pinturas do pintor da Antuérpia, Peter Rubens. Também há obras de Anthony Van Dyke e Hans Memling em exibição. Agora, se o seu objetivo é conhecer as principais peças do local, eu aconselho reservar cerca de 2 horas nessa atração.

Bruxelas - Musee Royaux Des Beaux Arts

6. O que fazer em Bruxelas: Mont des Arts

Essa é uma pequena praça bem no centro da cidade, próxima a estação central, onde se tem uma das melhores vistas de Bruxelas. O local está sempre movimentado e chama muita atenção pelos seus jardins bem cuidados e sempre floridos.

Quando estive na praça estava tendo um encontro de food truck, tinham vários tipos de comida a um preço muito bom. Eu aproveitei a sorte para almoçar no local e experimentamos várias coisas.

Leia também: Porque viajar faz bem? Eu te ajudo a entender.

Durante esses anos viajando aprendi que planejar sua viagem e fazer um ótimo roteiro é muito importante, mas o que torna ela ainda melhor são as surpresas que vai encontrando pelo caminho.

Nunca fique agarrado ao roteiro se encontrar uma oportunidade de fazer algo diferente. Esse foi apenas um pequeno exemplo, mas vale em muitas ocasiões.

Além disso, se puder, vá ao Mont des Arts no pôr-do-sol. Você terá um vista ainda mais incrível de Bruxelas. Só não esqueça de verificar o horário aproximado do pôr-do-sol na cidade porque nessa região a variação durante o ano é enorme. Para fazer isso vá no site Sunrise and Sunset clicando aqui.

o que fazer em Bruxelas - Mont des Arts 2
Bruxelas – Mont des Arts – Fonte: De Malas para o Mundo

6. O que fazer em Bruxelas: Atomium

Para quem ainda não ouviu falar sobre essa construção, o Atomium pode ser confundido com uma louca roda-gigante da era espacial, mas as aparências param por aí. Este é um marco importante das construções de Bruxelas, erguido para a Expo 58. Ele possui 102 metros de altura, e representa um cristal elementar de ferro ampliado 165 milhões de vezes.

O Atomium consiste em 9 esferas, e 8 vértices ligando tudo, e dessas esferas 6 estão abertas ao público. Um elevador leva as pessoas ao topo da estrutura, e entre o seu interior, os visitantes conhecem as outras esferas em escadas rolantes, que trazem uma diferente percepção de espaço.

Construído em 1958 como o pavilhão principal da feira mundial de Bruxelas, ele foi eleito o edifício mais estranho do mundo em 2013 pela CNN. Realmente a construção é diferente, porém eu não tive essa impressão, e pelo que pude ver os outros turistas que estavam lá também adoraram. Então deixe essas “definições” de lado e aproveite para conhecer essa o local.

Bruxelas - Atomium
Bruxelas – Atomium – Fonte: De Malas para o Mundo

7. O que beber em Bruxelas: Delirium (ops!)

Situado no centro da Îlot Sacré (ilha sagrada), num local único construído no século 18, essa é uma parada obrigatória para os amantes de uma boa cerveja. E se vai ficar mais de um dia na cidade talvez seja mais de uma parada obrigatória.

Isso porque o cardápio deles é imenso, com cerveja do mundo inteiro. Para ser ter uma ideia quando eu foi lá tinham 4 cervejas brasileiras no cardápio.

E quando digo isso não é brincadeira, eles detêm o recorde mundial pelo Guinness World Records como o maior número de cervejas disponíveis para degustação no mundo. São mais de 2000 opções que podem variar de acordo com o estoque e a disponibilidade de algumas marcas que tem sua fabricação limitada.

Bruxelas - Delirium

Além disso o local é diferente de tudo, com centenas de lembranças sobre cervejas e cervejarias, placas publicitárias antigas, tabuleiros de jogos, copos e outros. Também pode acontecer de você pegar uma música ao vivo e querer prolongar sua degustação por mais algumas horas.

Parc Du Cinquantenaire
Bruxelas – Parc Du Cinquantenaire – Fonte: De Malas para o Mundo

Leia também: Dúvidas na primeira viagem de avião? Vem comigo!

8.  Parc Du Cinquantenaire

Se você deseja colocar um ponto para descanso ou parada para um lanche no seu tour por Bruxelas, considere seriamente o Parc Du Cinquantenaire para realizar isso.

O parque foi construído no reinado de Leopold II em 1880, e com seus 30 hectares é um ótimo lugar para comer e descansar enquanto admira as belezas da cidade. Porque você pode planejar um piquenique na grama enquanto absorve a arquitetura deslumbrante do local, ou se pretende apreciar a vasta coleção de 35.000 artefatos alojados nos museus daqui.

Uma parada no lindo Parc Du Cinquantenaire deve fazer parte de qualquer tarde de passeio em Bruxelas.

Bruxelas - Parc Du Cinquantenaire
Bruxelas – Parc Du Cinquantenaire – De Malas para o Mundo

9. O que fazer em Bruxelas: Catedral de Bruxelas

A Catedral de Bruxelas é uma das construções religiosas mais lindas de toda Europa, e está sempre aberta aos turistas. Também conhecida como Catedral de São Miguel e Santa Gudula, é uma estrutura que verdadeiramente chama a atenção de todos os turistas.

A parte principal desta igreja católica foi construída no século 11, enquanto as torres laterais foram construídas no século 13. Ao todo, demorou cerca de 300 anos para construir esta impressionante estrutura de pedra.

Com o nome dos santos padroeiros do país, é a principal igreja da Bélgica. Os visitantes ficarão maravilhados com os belos vitrais, especialmente os de Bernard van Orley, que também foi pintor no século 16.

10. Sala de realidade virtual

Se você é como eu que gosta de museus, parques e passeios mas também curte alguma coisa mais moderna e principalmente gosta de jogos, esse pode ser um dos pontos altos do seu passeio. Se tiver com criança então, a diversão será em dobro.

infelizmente quando estive na cidade essa atração ainda não existia, mas com certeza estaria lá se fosse hoje. Essa é a primeira sala de realidade virtual colaborativa de Bruxelas, que oferece uma experiência diferente de tudo.

Lá você irá formar equipes de 2 a 4 jogadores e entrará em um jogo de fuga em uma aventura virtual única que combina reflexão, comunicação e espírito de equipe. Parece ser muito bom, então não perca essa oportunidade se for a Bruxelas.

Bruxelas - Virtual room

11. Manneken Pis

Uma atração que também chama a atenção de muitos turistas distraídos é o Manneken Pis. Essa é uma fonte de água histórica, e no mínimo curiosa, pois mostra um menino nu, em bronze, urinando na pia da fonte.

Junto com a cerveja, o chocolate, o Atomium e a Grand Place, o menino nu è uma das atrações mais importantes, visitas e fotografadas da capital. Nunca saia da cidade sem uma foto dele, os oficiais da imigração vão verificar seu celular para ver se você realmente esteve no local…kkkkkk brincadeira. Já imaginou a cena você sendo barrado na saída da cidade porque não tem a foto de um menino nu fazendo xixi. Contudo não são só os turistas malucos que gostam, os bruxelenses também.

Para ser ter uma ideia a primeira peça de roupa dele foi em 1698, uma túnica dada por um governador. Porém hoje ele possui mais de 650 trajes no seu armário que são, na maioria, presentes entregues por presidentes de governo que visitam o país. Parte do seu closet imponente fica aberto à visitação no Musée de la Ville, onde há muita diversidade como roupa de toureiro ou a fantasia de Elvis Presley.

Bruxelas - Manneken Pis
Bruxelas – Manneken Pis – Fonte: De Malas para o Mundo

12. O que fazer em Bruxelas: Outras atrações

As atrações que citei são suficientes se deseja ficar 1 ou 2 dias em Bruxelas. Porém, se vai ficar mais alguns dias, ou apenas não gostou de alguma atração acima, vou te passar rapidinho outras possibilidades também são muito interessantes.

Les Galeries Royales Saint-Hubert

Bem pertinho da Grand Place está essa linda galeria com diversas lojas e restaurantes reunidos para o seu desfile. O local é simplesmente belíssimo com um teto de vidro arcado, que deixa parte da luz solar entrar e proporcionar uma iluminação linda durante o dia. Quer tirar fotos chiques em Bruxelas? Então esse é o local.

Museu dos Quadrinhos de Bruxelas

Se é apaixonado por quadrinhos não pode perder esse museu. Lá vai encontrar muitas coleções, descobrir como as revistinhas eram feitas e ver personagens importantes para o país como Tintim e os Smurfs.

Autoworld

Não gosta muito de quadrinhos mas é louco por carros, então acaba de descobrir o seu local favorito. Esse é um museu com foco em carros vintage, que possui uma coleção de aproximadamente 250 veículos europeus e americanos fabricados do final do século 19 até a década de 70.

Leia também: Primeira passagem de avião, minha história.

Mini- Europe

Se você está com criança, ou adora miniaturas, essa pode ser a realização de um sonho. Eu queria muito ir nessa atração, mas como meu tempo era pequeno teria que abrir mão de muita coisa. Então preferi deixar para uma próxima vez.

Porém o local é lindo e muito bem cuidado. Lá você vai encontrar replicas em miniatura de vários monumentos de toda Europa. Em alguns lugares os objetos se movimentam e as construções são extremamente fieis ou original. É realmente fascinante e muito bem feito.

Jeanneke-Pis

E para terminar, essa é uma versão feminina do nosso querido menino nu que leva água para a cidade. Ela é pouco conhecida, e fica em uma posição um tanto estranha, mas se estiver no seu caminho vale uma foto de recordação.

Kit completo planejamento viagem
O melhor kit de planejamento de viagem agora gratuito.

Conclusão

Bruxelas, capital da Bélgica, principal sede da Família Real Belga e capital da União Europeia, uma cidade incrível, pequena, descontraída que concentra uma riqueza cultural enorme com pessoas de todo mundo convivendo em paz.

E não falo só de turista, mas de residentes também, pois como a cidade é capital da União Europeia existem dezenas de embaixadas, imigrantes de todos os lugares e todos se respeitando como deveria acontecer em qualquer lugar.

A cidade é ao mesmo tempo moderna, histórica, linda, funcional e cheia de possibilidades. Pela minha experiência acredito que 3 dias é o suficiente para você conhecer bem a cidade. Mas se deseja fazer um bate e volta de algum outro destino você também pode se divertir e conhecer muitas atrações  

Com uma incrível coleção de lugares a serem visitados, com certeza você achará alguns pontos turísticos que ficarão na sua memória por toda a vida.

Comentários

Depois dessa leitura, já está fazendo o seu roteiro pra Bruxelas? Se ainda não começou, deixe nos comentários o porquê, se sim escreva as atrações imperdíveis na sua viagem.

Por fim, ficou com alguma dúvida? Quer compartilhar dicas que te ajudaram? Gostaria apenas de conversar comigo ou com outras pessoas sobre assunto? Então deixe seu comentário abaixo. 👇

E não esqueça, se te ajudei com esse post e acha que posso auxiliar outras pessoas também, não deixe de compartilhar no WhatsApp ou sua rede social favorita. Assim você também contribui com o blog 💓!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.